Suprema Corte dos EUA confirma que documento contra aborto é real

0

A Suprema Corte dos Estados Unidos confirmou nesta terça-feira, 3, a veracidade do documento sobre a possível restrição do aborto no país. A papelada foi publicada pelo site Politico, que obteve o rascunho sigiloso.

John Roberts, chefe do “STF” dos EUA, disse que a Corte vai abrir uma investigação para descobrir quem vazou o documento. Segundo Roberts, apesar de o rascunho ser verdadeiro, não se trata da versão final do voto dos juízes.

Anotações sugerem que o material circulou entre os membros da Corte em 10 de fevereiro. Segundo o Politico, o texto foi escrito para servir de voto para um caso do Mississippi, onde há um projeto para impedir abortos após 15 semanas.

“É a hora de prestarmos atenção à Constituição e devolvermos o tema aos representantes eleitos do povo”, argumentou Alito. Os votos dos magistrados podem mudar até a votação do caso, que deve ocorrer daqui a dois meses.

Se a Suprema Corte tomar a decisão que consta no documento preliminar sobre o aborto, haverá disputas em cada Estado e no Congresso para determinar quais as condições em que a interrupção da gravidez vai ser permitida nos EUA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui