Sonho interrompido: Estudante é morto em Fortaleza por querer ser PM

0

Matheus Rodrigues Soares da Silva, de 22 anos, foi morto no Grande Pirambu, em Fortaleza, na última quinta-feira, 21. O rapaz era estudante de cursinho e estava prestes a fazer o concurso da Polícia Militar do Ceará, que ocorre no dia 7 do próximo mês. Ele sonhava em tornar-se um agente de segurança pública. 

O rapaz estava em uma partida de futebol em uma quadra na Rua Nossa Senhora das Graças, quando criminosos chegaram na quadra e permaneceram observando Matheus. Quando perceberam que ele estava saindo, começaram os tiros. 

Ele fazia cursinho preparatório para concurso público e publicava diversas imagens com vestimentas que faziam alusão a Polícia Militar.

O Deputado Estadual Soldado Noelio comentou a morte de Matheus nas redes sociais

“Que as facções dominaram e ESTÃO COM O CONTROLE do estado não é novidade para ninguém. Mas dessa vez ultrapassaram todos os limites, o jovem Matheus foi morto porque tinha o sonho de ser Policial Militar. Isso mesmo, ele tinha o sonho de ser policial. “Só” por isso!” afirmou em publicação no Instagram.

Um dos professores de Matheus relatou, nas redes sociais, que ele foi morto por estudar para o concurso da Polícia Militar. “É revoltante e causa muita impotência na gente”, relatou. 


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui