“Se a política nacional ainda não tem as chapas compostas, quem dirá a estadual”, diz Domingos Filho sobre chapa governista do PDT

0

O presidente estadual do PSD, Domingos Filho, afirmou que o partido só definirá o nome do candidato ao governo do Estado em agosto.

A afirmação foi dada nesta segunda-feira, 6, em entrevista à rádio O Povo CBN.

“Acho que isso (a decisão do candidato do PDT) vai para agosto. (…) Façamos um esforço de memória e vejamos que nas últimas eleições, todas as decisões foram para os prazos finais. Isso tem uma razão de ser, os fatos políticos são cinéticos”, afirmou Domingos.

Ele falou sobre nomes cotados para a Presidência que abandonaram a corrida nos últimos meses. “Outro dia, o Moro era um candidato forte, de uma hora para a outra não é mais. Luciano Huck era cotado como candidato e saiu. Ainda tivemos uma escolha mediante prévias, Doria (PSDB), que saiu da disputa. Se a política nacional ainda não tem as chapas compostas, quem dirá a estadual. Acredito que todos os partidos vão ao final dos prazos”.

O ex-vice governador comentou ser legítimo que o PSD pleiteie a vice na chapa pedetista devido a conjuntura política atual do Ceará. “Se o PT deliberou e escolheu o ex-governador Camilo Santana como pré-candidato a senador e o PDT escolherá o candidato a governador, é muito razoável que a força seguinte seja aquela a compor a chapa”, avalia.

Ao ser questionado se teria alguma preferência entre os quatro pré-candidatos do PDT que disputam a nomeação (Izolda Cela, Roberto Cláudio, Evandro Leitão e Mauro Filho), Domingos brincou: “O que tiver o Domingos Filho como vice”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui