Sarto sanciona lei que permite cobrança da tarifa do lixo

0

O prefeito José Sarto (PDT) sancionou a lei cria o Programa de Manejo de Resíduos Sólidos Urbanos da Capital. Esse plano se chama ‘Fortaleza, Cidade Limpa’ e, dentre outras ações, estabelece a cobrança de uma tarifa pela coleta de lixo urbana. A sanção foi publicada no Diário Oficial do Município no último dia 27.

A cobrança da tarifa, no entanto, ainda depende de regulamentações e de um projeto a ser enviado à Câmara Municipal até junho de 2022.

A gestão vai ter o primeiro semestre de 2022 para montar o plano, definir o valor da taxa e apresentar aos vereadores. Só depois de a Casa discutir e aprovar o texto é que o ‘Fortaleza, Cidade Limpa’ deve seguir para nova sanção do prefeito e aplicação na prática.

O assunto foi alvo de polêmica nos últimos dias de sessão no Parlamento Municipal. Vereadores de oposição se mostraram contra a aplicação da tarifa do lixo, e fizeram discurso contra a mensagem enviada pelo prefeito.

Parlamentares de base, no entanto, usaram o argumento também defendido pelo prefeito Sarto, de que a cidade tem um custo anual de R$ 27 milhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui