Ronivaldo Maia irá recorrer da decisão do PT Ceará de expulsá-lo do partido

0

O vereador de Fortaleza Ronivaldo Maia irá recorrer da expulsão do PT Ceará, decidida pelo diretório estadual em julgamento de processo disciplinar contra o parlamentar nesta quarta-feira (22). Ronivaldo é réu por tentativa de feminicídio. O recurso é feito à Executiva Nacional do partido.

Ronivaldo está com a filiação suspensa desde novembro do ano passado, quando foi preso em flagrante. No início de junho, a Comissão de Ética do PT fechou parecer pela expulsão do parlamentar, que foi aprovada pelo PT Ceará em votação apertada – por 27 votos a 26.

Advogado do vereador no processo interno, o ex-vereador Deodato Ramalho (PT) afirma que houve “um injusticiamento” e que a “expulsão se deu ferindo o Estatuto”. Para Ramalho, era necessário aguardar o trânsito em julgado na Justiça antes de tomar a decisão.

O advogado reclamou ainda de uma suposta “quebra de sigilo” quanto ao processo interno, “o que não é permitido pelo Código de Ética”.

Indagado sobre a possibilidade do PT requerer o mandato de Ronivaldo, Ramalho afirmou que “não cabe retirada por conta disso”. “A perda de mandato se dá quando o parlamentar descumpre as diretrizes partidárias”, disse – acrescentando, no entanto, que “não se pode desconsiderar” o risco.

MANIFESTAÇÕES

Poucos petistas se manifestaram, até o momento, sobre a expulsão de Ronivaldo. Logo após o julgamento do vereador, o presidente estadual do PT Ceará, Antônio Conim, disse que “não foi uma decisão fácil”. Conim foi o responsável por desempatar a votação no diretório estadual.

“Na verdade, houve um empate e o meu voto desempatou. O diretório acolheu o parecer, que está ainda mantido em segredo de Justiça, mas a decisão é pela expulsão. Não foi uma decisão fácil, o partido de fato sangrou muito nesse processo todo”.

Colega de bancada na Câmara Municipal de Fortaleza, a vereadora Larissa Gaspar comemorou a decisão. “No Partido dos Trabalhadores não tem espaço para agressores de mulheres”, ressaltou. “A luta é pela vida das mulheres, não toleramos nenhuma forma de violência contra a mulher, seja ela cometida por quem for”, disse em publicação no Instagram.

Fonte: Diário do Nordeste

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui