PT Atropela outros partidos no Ceará e filia 12 prefeitos; PSOL se sente incomodado e reclama

0

OP artido dos Trabalhadores no Ceará (PT-CE) realizou ontem, 13, às 10h, um ato de filiação de novos 12 novos prefeitos que migraram para a sigla. O evento transforma o partido na segunda maior força política do Estado. No arco de novos apoiadores estão, curiosamente, desde nomes do Psol até ex-filiados do Partido Liberal (PL), ao qual o presidente Jair Bolsonaro confirmou recentemente sua chegada para concorrer à reeleição.

Segundo informações do jornalista Carlos Mazza, a direção do Psol Ceará se surpreendeu com a desfiliação do primeiro e único gestor municipal eleito pelo partido no Ceará desde a fundação do partido, o prefeito de Potengi, Edson Veriato. Nos bastidores do Psol cearense, o movimento foi lamentado e visto como fruto da pressão da máquina pública do Estado.

A lista de recém-filiados é composta por: Joerly Vitor (Aratuba), João Luiz (Campos Sales), Wilamar Palácio (Cariús), Marcondes Jucá (Choró), Chico Cordeiro (General Sampaio), Franzé Carneiro (Ibicuitinga), Elias Do Sargento (Jaguaruana), Dr. Aniziario Costa (Jardim), Dr. Rafael (Penaforte), Edson Veriato (Potengi), Marcondes Ferraz (Saboeiro) e Meu Deus (Santana Do Acaraú). Após o evento, o partido passa de 17 para 29 prefeitos, ficando à frente do PSD (26) e atrás apenas do PDT (67)

A articulação, conduzida pelo governador Camilo Santana (PT) e pelo deputado federal José Guimarães (PT), também confirmou a tendência de enxugamento do PL Ceará após a chegada do presidente da República. Nesta quinta, com a presença de lideranças partidárias e parlamentares petistas, o evento de filiação aconteceu em um momento de preparação do partido para construção de um palanque para o ex-presidente Lula no Ceará. Já em tom de campanha, a maioria dos representantes partidários ressaltou a necessidade de apoio regional à campanha do petista. Os petistas também exaltaram a gestão de Camilo.

Em seu pronunciamento, o presidente do PT no Ceará, o Conin, agradeceu pela presença dos prefeitos recém-filiados e dos já eleitos pela sigla nas eleições municipais de 2020. O dirigente usou nome do governador petista como um exemplo de governança a ser seguidos pelos recém-egressos na sigla.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui