Prédio de sete andares, com 28 apartamentos, desaba em área nobre de Fortaleza

0
Tragédia anunciada. Desabamento do prédio de sete andares provoca pânico nas proximidades da Rua Tibúrcio Cavalcante

Por volta das 10 horas e 30 minutos hoje (15/10) um prédio de sete andares, Condomínio Andrea, desabou. A edificação fica situada entre as ruas Joaquim Nabuco com Tibúrcio Cavalcante, no Dionísio Torres. O prédio tem cerca de 40 anos. O Corpo de Bombeiros informa que foi registrada, até por volta das 13 horas, apenas uma morte.

Um dos possíveis motivos do desabamento, conforme as famílias residentes no Andrea, a precária estrutura. Parte dos pilotis já estavam danificados devido a infiltração de água. Os moradores disseram que há muito tempo denunciavam esse perigo que estavam enfrentando. Inclusive, eles fizeram vídeo mostrando as pilastras com ferros à mostra e corroídos pelo ferrugem.

Até por volta das 13 horas (15/10) o trabalho das equipes de emergência registraram cerca de nove pessoas sobre o escombros. Entre eles, o senhor Gilson Moreira, 51 anos. Ele ainda sob os escombros, está ferido na perna, e se comunicava com Corpo de Bombeiros, apontando a sua localidade. Pode haver ainda nove pessoas sob os escombros.

Porteiro do prédio, teve mais sorte. Ele conseguiu correr. Os trabalhos de salvamento prosseguem. Por volta das 13 horas, uma senhora idosa resgatada com vida e foi para o Instituto José Frota (IJF). As informações dos populares confirmam que já foram resgatadas com vida seis moradores do prédio. Acredita que ainda estão nos escombros outras nove moradores do Andrea.

Todas equipes do IJF, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e Civíl entre outros serviços de emergência do Estado e do Município estão de prontidão. Equipe da PM, Raio, fazem serviço de batedores, prestando serviço à comunidade prejudicada. O prefeito Roberto Claudio foi ao local prestar solidariedade aos familiares dessa calamidade. o governador do Estado, Camilo Santana envia mensagem e retorna imediatamente de compromissos, comprometendo-se a ajudar essas pessoas.

Os comentários do porquê a queda do prédio era o assunto do momento. As autoridades afiram ser inda muito cedo. A perícia forense já está no local, fazendo as investigações. Engenheiro Fernandes fala sobre o desabamento do condomínio na Rua Joaquim Nabuco. Ele vê a situação precária dos pilotis uma das causas. “Os pilares estavam comprometidos. Nível de oxidação muito grande. Há anos já deveria ter sido feito trabalho de contenção. Reforço estrutural. Eles sustentam toda estrutura do prédio”, sentencia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui