PF prende líder do PCC e irmão em condomínio de luxo na Grande Fortaleza

0

Um líder de facção criminosa foi preso pela Polícia Federal, nesta quinta-feira (11), em um condomínio de luxo na Região Metropolitana de Fortaleza. Odemir Francisco dos Santos, conhecido como Branco, era integrante do segundo escalão de facção paulista. O irmão dele também foi preso na operação.

A ação policial ocorreu em cumprimento a mandados de prisão preventiva expedidos pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.

Os presos respondem a processos criminais por tráfico de drogas, associação criminosa e porte de armas, sendo que um deles já foi condenado também por roubo a banco no estado do Rio Grande do Sul.

A PF informou que um dos criminosos era foragido da Justiça desde fevereiro de 2020. Em agosto do ano anterior, o Supremo Tribunal Federal (STF) ter concedido liberdade em sede de habeas corpus impetrado pela defesa. A decisão “foi revogada pelo próprio Supremo após terem sido apresentadas informações que demonstraram a periculosidade do réu, bem como sua posição de destaque na organização criminosa”, segundo a Polícia Federal.

Segundo o MP-SP (Ministério Público de São Paulo), Branco lavava dinheiro para a organização criminosa através de uma loja de automóveis, que está registrada em nome de um “laranja”. Além disso, a acusação aponta que ele fornecia carros para que integrantes da facção transportassem armas e drogas.

Apreensão de bens

Também nesta quinta, foram cumpridos mandados de busca e apreensão, expedidos pela 11ª Vara Federal do Ceará, em três condomínios de luxo em Aquiraz, Eusébio e Fortaleza. Houve apreensão de bens como veículos, joias, relógios, dinheiro em espécie e documentos – incluindo uma identidade falsa com a foto de um dos foragidos.

A PF informou que o esconderijo dos foragidos foi descoberto “através de informações obtidas em investigação que levou à prisão de outro integrante de facção criminosa, envolvido com assalto a bancos”, preso no último mês de outubro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui