Novembro Azul: à saúde do homem e o combate ao câncer de próstata

0
Sem preconceito, Novembro Azul convoca o cearense a fazer exames de próstata. Depois de 50 anos, o bicho pega

Com o objetivo de quebrar o preconceito masculino de ir ao médico e, quando necessário, fazer o exame de toque, acontece o Novembro Azul, no Ceará. O movimento surgido na Austrália, em 2003, chamado Movember, faz alerta ao cearense sobre os cuidados, preventivos, que o homem deve ter com a saúde e evitar problemas com a próstata. Dentre eles, o câncer.

No Brasil, o Novembro Azul foi criado pelo Instituto Lado a Lado pela Vida, e obteve ampla divulgação. Em 2014, o Instituto realizou 2.200 ações em todo o Brasil, com a iluminação de pontos turísticos do Brasil. Novembro Azul é uma alusão ao Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata, realizado no dia 17 de novembro.

Em Fortaleza, a atenção à saúde do homem ganha um novo atendimento especializado. Hoje, 1º de novembro, começa a funcionar o Centro de Saúde do Homem, com serviço de urologia, no Centro de Saúde Meireles, na Avenida Antonio Justa, 3113, Meireles.

Com os atendimentos regulados pela Central de regulação, o Centro de Saúde do Homem conta com três médicos urologistas e estrutura para realização de exames de ultrassom, biópsia prostática, cistoscopia, ampliando assim a capacidade diagnóstica do câncer de próstata, além de sala de esterilização e centro cirúrgico para realização de pequenos procedimentos. O espaço tem capacidade para receber mais de trinta pacientes por dia.

O novo Centro de Saúde do Homem absorve todo o ambulatório de urologia do Hospital Geral de Fortaleza (HGF), unidade da rede pública estadual referência na atenção de alta complexidade, e os serviços do Centro de Atenção à Saúde do Homem (CASH), mantido desde a década de 90 pela Prefeitura de Fortaleza.

O Centro de Saúde do Homem passa a atender pacientes que não têm indicação de tratamento cirúrgico e a encaminhar aos serviços terciários, já com exames e avaliação pré-operatória, aqueles pacientes com indicação cirúrgica. O foco é a prevenção do câncer de próstata, com oferta de tratamento clínico da hiperplasia prostática (aumento da próstata), da disfunção erétil e do distúrbio androgênico do envelhecimento masculino (andropausa). A nova estrutura vai garantir mais salas para a realização dos atendimentos

De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), uma dieta rica em frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais, e com menos gordura, principalmente as de origem animal, ajuda a diminuir o risco de câncer, como também de outras doenças crônicas não-transmissíveis.

A idade é um fator de risco importante para o câncer de próstata, uma vez que tanto a incidência como a mortalidade aumentam significativamente após os 50 anos. Pai ou irmão com câncer de próstata antes dos 60 anos pode aumentar o risco de se ter a doença de 3 a 10 vezes comparado à população em geral, podendo refletir tanto fatores genéticos (hereditários) quanto hábitos alimentares ou estilo de vida de risco de algumas famílias.

Sinais de alerta para o câncer de próstata

• Dificuldade de urinar;
• Demora em iniciar e finalizar o ato urinário;
• Presença de sangue na urina;
• Diminuição do jato urinário;
• Necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite.

Fonte: Secretaria de Saúde do Estado e Prefeitura de Fortaleza

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui