Nordeste mais triste: aos 89 anos, em Recife, falece o cantor Genival Lacerda

0

Depois travar uma dura luta com a Covid-19 morreu, hoje (07/01), o cantor Genival Lacerda, aos 89 anos. O paraibano estava internado desde o dia 30 de novembro em um hospital do Recife por conta de uma pneumonia provocada pelo novo coronavírus. Por meio das redes sociais, o filho do cantor, João Lacerda, informou ao seu grande público brasileiro.

Genival Lacerda nasceu no dia 5 de abril de 1931 em Campina Grande (PB). Aos 25 anos, lançou seu primeiro disco, com a interpretação de “Coco de 56” (parceria dele com João Vicente) e de “Dance o xaxado”, feita por ele e Manoel Avelino. O artista atravessou o restante da segunda metade da década de 1950 e toda os anos de 1960 com uma série de lançamentos. Ele é um dos responsáveis pela divulgação da música nordestina (como seu estilo) em todo País.

O cantor paraibano, Genival Lacerda, com mais de 60 anos de carreira, agrega entre os sucessos as músicas: “Severina Xique Xique”, “De quem é esse jegue?”, “Radinho de Pilha”, “O Chevette da Menina”, e “Mata o Velho”, dentre outras dezenas de sucessos. A morte de Genival deixa a música nordestina (a verdadeira, como ele fazia) mais solitária e triste.

Fonte: Redes sociais/Arilo Araujo/Foto: (Divulgação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui