Queiroga diz que pode flexibilizar restrições nesta semana e ainda avalia fim da emergência sanitária

0

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou nesta quarta-feira, 30, que a pasta deve flexibilizar restrições relacionadas à Covid-19 ainda nesta semana. Ele lembrou que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) já publicou uma nota técnica em que indica que pode rever as medidas impostas nas fronteiras.

“Há também uma portaria conjunta do Ministério da Saúde, do Ministério do Trabalho e da Previdência Social com relação ao uso de máscaras nas repartições públicas e no trabalho de uma maneira geral”, disse. “Até sexta-feira nós vamos deliberar a respeito disso com atos normativos. Não pode ser interrompida nenhuma política pública que seja importante e fundamental para o combate à Covid-19”, acrescentou

Queiroga também foi questionado sobre a possibilidade de rebaixar o status de pandemia para endemia no Brasil. “Poder, pode, porque o parágrafo segundo do artigo primeiro da lei que instituiu a emergência sanitária me dá essa prerrogativa. Mas não vai. Por quê? Porque, apesar de ser um ato discricionário do ministro, depende de uma série de análises”, explicou. O ministro disse que é necessário avaliar o cenário epidemiológico, a estrutura do sistema hospitalar e a aprovação de medicamentos para a fase inicial da doença.

“Eu tenho a caneta Bic que o presidente Bolsonaro me deu, mas tenho que usar essa caneta de maneira apropriada. O presidente me pediu prudência. Estamos procurando harmonizar as medidas que já estão sendo tomadas por estados e municípios”, ressaltou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui