João Doria: “Hoje é o Dia V. Dia da vitória. Dia da vacina”

0
Primeira brasileira a ser vacinada contra Covid-19

A enfermeira, Mônica Calazans de 54 anos, moradora de Itaquera, na Zona Leste da capital paulista, no país, a primeira a receber a dose da CoronaVac no Hospital das Clinicas, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). O governador do estado de São Paulo, João Dória (PSDB), comemorou e afirmou que este dia é o “Dia V” contra o negacionismo e “contra quem gosta do cheiro da morte”.

O governador paulista, com voz embargada, disse que este domingo é o dia do “triunfo”. “O triunfo da vida contra os negacionistas e contra aqueles que preferente que preferem o cheiro da morte. É uma conquista que fortace milhões de pessoas que defendem a vida”, afirmou o tucano, em uma clara referência ao discurso do presidente Jair Bolsonaro, no início da pandemia que classificou a doença como “gripezinha” e insiste em recomendar “tratamento precoce” com cloroquina, sem qualquer eficácia comprovada pelos órgãos científicos do país e do mundo. 

Mônica Calazans foi vacinada com o imunizante fabricado pelo Instituto Butantan, do governo de São Paulo, em parceria com a chinesa Sinovac, poucos minutos após a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em reunião extraordinária realizada neste domingo. A enfermeira, de 54 anos, moradora de Itaquera, na Zona Leste da capital paulista recebeu a primeira dose da CoronaVac no Hospital das Clinicas, da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).

Fonte: CB/Arilo/Foto: (Reprodução)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui