Final de semana de emoções diferentes, Ceará comemora grande vitória e Fortaleza leva um vareio do RB Bragantino

0
Foto: Kid Junior Foto: Leonardo Moreira / FEC

Um final de semana que foi alegre para alguns torcedores, para outros nem tanto, Ceará conseguiu grande vitória em casa, enquanto Fortaleza levou uma derrota dura contra o Red Bull Bragantino, e saiu do G-4.

O Ceará entrou em campo empurrado por mais de 20 mil torcedores, criando uma atmosfera de pressão contra um já pressionado Sport, ameaçadíssimo de rebaixamento. Mas surpreendentemente, o time pernambucano começou melhor e à vontade no Castelão. E o Leão da Ilha criou logo duas chances de marcar, com Paulinho Mocelin e  José Welison, mas o goleiro João Ricardo fez excelentes defesas.

Foi quando em seu primeiro ataque, o Vozão abriu o placar, para delírio da torcida no Castelão: aos 8 minutos, Jael fez o pivô, deu passe para Vina, que bateu de primeira no canto: 1 a 0. Com o gol, o Ceará baixou suas linhas e esperou o Sport. Assim, o time pernambucano continuou perigoso, criando duas chances para empatar, com Sabino, cabeceando pra fora raspando a trave, aos 32 minutos, e com Mikael, de voleio, que João Ricardo defendeu no ângulo, aos 37.

Para a etapa final, o Ceará voltou com Cléber no lugar de Jael, que já tinha amarelo. Mas o Vovô continuou sendo pressionado pelo Leão da Ilha, criando duas chances antes dos 5 minutos. Com Lima apagado, Tiago Nunes lançou Rick para ganhar mais efetividade nos contra-ataques. O que não aconteceu, com o Sport pressionando muito.

E de tanto insistir, o Rubro-Negro empatou aos 15 minutos, em finalização de seu melhor atacante, Mikael, que ganhou de Messias para soltar a bomba: 1 a 1. O resultado criou uma apreensão na torcida alvinegra, que empurrava o time mesmo com o adversário sendo melhor pelo menos até os 30 minutos.

A partir daí o Vovô tomou a iniciativa dos ataques e pressionou até marcar seu gol. Mendoza e Vina perderam boas chances, até Marlon desempatar aos 35. O volante marcou o seu primeiro gol pelo Alvinegro pegando a sobra e um bate-rebate na área, vibrando muito com a torcida.

Na quarta-feira (17), o Vovô faz o Clássico-Rei com o Fortaleza, às 20 horas no Castelão, pela 33ª rodada.

Já o Fortaleza perdeu em jogo que podia garantir permanência no G-4, tendo em conta que o Bragantino vem de 3 derrotas, mas não foi o que aconteceu, Helinho abriu o placar logo aos três minutos do primeiro tempo. Aos 14 da etapa inicial, o Braga ampliou. Helinho cruzou a bola na área, e Ytalo marcou. O terceiro gol foi marcado no segundo tempo. Aos 11, Helinho sofreu pênalti. Na cobrança, Artur marcou.

Com a vitória, o Bragantino volta ao G-4 do Brasileirão. A equipe sobe da quinta para a quarta colocação, com 52 pontos. O time, porém, tem um jogo a mais que o próprio Fortaleza, que estava em quarto e cai para a quinta posição, com 49 pontos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui