Evandro Nogueira: Clube Cidadania, agora na Rádio Clube 1200, “A Pioneira”

0

Qual a característica fundamental da Rádio Clube 1200, A Pioneira, de Fortaleza? Com certeza a forma da condução da sua liderança agir em os todos momentos. Se tem adversidade. Enfrenta. Se tem alegria. Compartilha. Dessa forma o diretor da emissora mais querida e antiga da cidade, Marcio Aurélio, se comporta. Resultado, conseguiu com simplicidade reunir o melhor time, os melhores do ramo radiodifusão de Fortaleza.

Além dos mestres já no batente, da Pioneira, conta agora com profissional e bom caráter, radialista, apresentador, produtor Evandro Nogueira. Como diria meus velhos amigos de jornada de redação: “Passado na casca do alho”. Segundo Marcio as boas vindas são dadas não só na chegada. Mas no dia a dia da nossa convivência fraterna. Com certeza, é raro encontrar em outros meios de comunicação.

Outro detalhe nessa boa história. Evandro deu seus primeiros passos no rádio pelos Diários Associados. Hoje está de volta. Seu antigo lar. O Site da Rádio Clube 1200, A Pioneira, seguindo a orientação da direção, permite que o nosso companheiro Evandro fale um pouco da sua trajetória. Da sua vida profissional. Seguem suas palavras.

Minha vida no rádio começou pelos Diários Associados em Campina Grande PB, através da rádio Cariri que era um braço de integração da poderosa rádio Borborema também na cidade de Campina. Lá dei a largada como Locutor após passar por um teste junto com outros colegas.
A rádio Cariri era uma emissora pequenina, mas muito querida, porque tinha uma grade diferenciada. Era uma cópia da Mundial do Rio de Janeiro. Tocava muita MPB sem descolar da música do momento. É assim, durante três anos fiquei na emissora e, logo a seguir me transferi para a famosa Borborema onde o cast de locutores era formado por celebridades. Neste ninho iniciei no Departamento Esportivo. Lá, diria que, consegui o ‘diploma’ na universidade de comunicação. O que sei absorvi na área esportiva, porque a agilidade de ser ‘ponta de gol’ são poucos que conseguem ultrapassar a fronteira.
Ainda no circuito da Borborema – trabalhei como âncora da Tv Borborema e, depois fui editor/apresentador do Bom dia Campina – similar do Bom Dia Brasil.
Neste período todo – ingressei na Universidade, e consegui vaga através do vestibular para Fisioterapia, turma pioneira na PB e Brasil.
Depois disso, resolvi mudar de ares e sempre apaixonado é movido por desafios vim para Fortaleza em meio a década de 80, onde ingressei na FM 93 no Stereo Show – pelas bençãos de Will Nogueira.
Daí, cheguei em Menos de um ano a Verdinha onde permaneci até setembro do ano passado. Em outras ocasiões, trabalhei como revisor do Diário do Nordeste – um apreço a madrinha Socorro Cunha, e num período de três anos na Calypso Fm.
Durante três anos fui coordenador de jornalismo da Verdinha e onde apresentava os programas Sábado Show é Domingo Legal. A vida é feita de agradecimentos e, após toda a trajetória chego a Rádio Club como desafio a buscar reinventar, mas sempre com ética e carinho ao público. A direção da Clube – Márcio – antecipados agradecimentos. Vem comigo, amadas e amados internautas e ouvintes!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui