Convocado: ministro vai falar sobre laranjas do PSL, na Comissão do Senado

0
Ministro Marcelo recusou convite, agora, é convocado a explicar sobre verba da campanha do PSL, em Minas Gerais, na Comissão do Senado

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, foi convocado hoje, (08/10), por uma comissão do Senado para prestar esclarecimentos sobre o uso de candidaturas laranjas do PSL nas eleições de 2018. Ele foi eleito nesse pleito. A convocação, feita pela Comissão de Fiscalização, Controle e Defesa do Consumidor, foi aprovada após requerimento apresentado pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). A data prevista para sua audiência é 22 de outubro.

O ministro Marcelo Álvaro já havia se recusado, por duas vezes a depor sobre o assunto, mas na condição de convidado. Agora, como foi convocado, ele terá de ir, obrigatoriamente, ao Senado falar sobre o episódio, que começa a respingar no presidente Jair Bolsonaro. Ele deu hoje, mais um sinal, de que deve deixar o partido pelo qual se elegeu.

Na manhã desta terça (08/10), o presidente, ao cochichar no ouvido de um apoiador na porta do Palácio do Planalto, disse para ele: “Esqueça o PSL, ok?”. O fã de Bolsonaro havia dito que seria candidato a vereador em Recife pelo PSL. A fala foi interpretada como uma sinalização de que deverá deixar o partido.

O senador Randolfe Rodrigues afirmou após ter seu pedido provado. “Bolsonaro quer se desvencilhar do PSL por qual motivo? Ninguém irá esquecer o laranjal do PSL, nem Queiroz e nem o ministro indiciado pela PF”.

Ele fez referência, também, ao motorista Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro, investigado pela prática de “rachadinha” no gabinete do filho do presidente quando ele era deputado estadual. “Convocamos e agora iremos aguardar o ministro Álvaro Antônio aqui no Senado para prestar esclarecimentos sobre o PSL de Bolsonaro”, sentenciou o senador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui