BOLSONARO renega Moro, de novo!

0

Segundo a revista Veja, o presidente Jair Bolsonaro voltou a colocar em dúvida, neste sábado 31, a possibilidade de indicar o ex-juiz e atual ministro da justiça, Sergio Moro, a uma vaga no Supremo Tribunal Federal, como se não bastasse, acenou sua preferência ao advogado-geral da União, André Mendonça.

Em almoço no quartel-general do Exército, em Brasilia, o presidente chamou o ministro de “ingênuo”. Jair, demostrou por várias vezes, a sua preferência para a Suprema Corte: alguém terrivelmente evangélico. Só Lembrando que, André Mendonça, é reverendo da Igreja Presbiteriana. Portanto, alguém versado nas leis divinas, como é o desejo de Bolsonaro.

A próxima vaga do STF virá,em novembro de 2020, com a aposentadoria do decano Celso de Mello. A segunda vaga será deixada com a aposentadoria, em Julho de 2021, do ministro Marco Aurélio de Mello.

Bolsonaro demostra que é um presidente inconstante, inseguro e chegado a verborragias. O fato é que o ex- juiz, há tempos, está na fritadeira do presidente. Por diversas vezes o chefe causou constrangimento ao ministro em público.O dilema de Bolsonaro é: Sergio Moro é sua ‘vitrine’, mas também, poderá vir a ser seu algoz.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui