Bolsonaro afirma: “não tenho medo do povo armado”

0
Bolsonaro em tempo de pandemia: brinca, corre, livre, leve e solto...

O presidente Jair Bolsonaro afirmou ontem (04/02) não ter “medo do povo armado”, durante a inauguração do Centro Nacional de Treinamento de Atletismo (CNTA), em Cascavel, Paraná. Ele avisou que na próxima semana irá “baixar mais três decretos sobre armas e CACs”, cuja sigla é dada aos colecionadores, atiradores e caçadores no País. Jair não entrou em detalhes sobre o conteúdo dos decretos. 

Enquanto sobe assustadoramente os índices de homicídios provocados por armas de fogo, na Pátria Amada, Bolsonaro disse à plateia presente que “arma é um direito de vocês”. “A arma evita que um governante de plantão queira ser ditador. Eu não tenho medo do povo armado, muito pelo contrário, me sinto muito bem, estar ao lado do povo de bem armado no nosso Brasil”, frisou.

O presidente JB contou ainda ter um acordo com os novos líderes do Congresso para aprovar o projeto de lei excludente de ilicitude para policiais em operações de Garantia da Lei e da Ordem (GLO). Excludente de ilicitude significa um regulamento, um salvaguarda jurídica; para policiais que, por ventura, matarem em serviço. 

Fonte: Gazeta do Povo/Arilo Araujo/Foto: (Isac Nóbrega/PR)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui