Bolsonaro: ’12 ministros devem sair do governo por eleições’

0

O presidente Jair Bolsonaro admitiu, neste sábado (8), que até 12 ministros devem deixar o governo nos próximos meses para concorrerem a cargos públicos nas eleições deste ano. O prazo para a descompatibilização dos ministros vai até abril e o presidente disse esperar que todos fiquem nos cargos até lá.

– Gostaria que eles saíssem somente um dia antes do limite máximo, para não termos qualquer problema. Já começamos a pensar em nomes para substituí-los, e alguns já estão mais que certos. A maioria será por escolha interna, até mesmo porque seria um mandato tampão até o fim do ano – respondeu, ao participar da festa de aniversário do advogado Geral da União, Bruno Bianco.

Bolsonaro evitou falar em nomes prováveis para ocupar os ministérios para “evitar ciumeira”. Ele adiantou que até mesmo parlamentares poderão ocupar as vagas a serem abertas.

– Existem bons parlamentares. Eu fui deputado 28 anos. Todo mundo é possibilidade [para assumir um ministério] – acrescentou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui