85 ANOS DA PIONEIRA, CEARÁ RÁDIO CLUBE – PARTE 01

0
João Dummar Arquivo O Povo

A primeira transmissão radiofônica no País aconteceu em setembro de 1922, em comemoração aos 100 anos da Independência do Brasil. Foi criado o novo momento. Essa transmissão causou impressão ao médico Roquette Pinto. Ele, com patrocínio da Academia Brasileira de Ciências, criou a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, PRA – 2, entrando no ar definitivamente em 30 de abril de 1923.

Em terras alencarinas, o ponto de partida foi dado em 28 de agosto de 1931. Nesta data, o empresário João Dummar mais os senhores Francisco Aprígio Riquet Nogueira, Clóvis Fontenele, Joaquim da Silveira Marinho, Eusébio Nery de Sousa, Francisco Campello de Alencar Mattos, Diogo Vital de Siqueira, Álvaro de Azevedo e Sá, Sebastião Coelho Filho, César Herbster Dias e Jorge Ottoch fundaram o Ceará Rádio Clube.

Conforme o radialista, escritor e também ex-diretor da Pioneira, PRE – 9, Eduardo Campos “a finalidade da sociedade era de promover relações entre os amadores de radiotelefonia por meio de reuniões, irradiações e serviço de publicidade, assim como instalar uma estação emissora de onda longa devidamente autorizada pelo governo, e de cujo estúdio seriam regularmente irradiados programas de atrações e interesses gerais”.

Nove anos depois da primeira transmissão radiofônica do Brasil, esses desbravadores cearenses das ondas hertezianas, plantaram a semente daquela que é uma das maiores emissoras de rádio do País, a quinta mais antiga, a Pioneira, PRE – 9. Em 16 de agosto de 1932, o Ceará Rádio Clube teve licença experimental para funcionar uma estação de rádio com prefixo PRATT. Os estúdios da emissora ficava situado na Rua Barão do Branco, 1172, operando o transmissor no bairro Damas. O ambiente dava-se o luxo de ter dois pianos, um francês – de cauda, e outro de fabricação nacional, de armário.

O panorama político da década de 30 do século 20 foi marcado pela revolução que pôs no poder Getúlio Vargas. Os estados passaram a ser governados por interventores. O primeiro interventor cearense foi Fernandes Távora em 1931,ano da criação do Ceará Rádio Clube.Em 1932 aconteceu uma das piores secas já registradas no Ceará.isso num estado em que a estrutura sócio-econômica era fundamentalmente agrária e baseada no latifúndio. Nesse contexto, surge o embrião da primeira emissora de rádio do Ceará. A Pioneira. Na segunda parte ,vamos falar sobre os primeiros programas e seus magníficos locutores.

Fontes: Edição eletrônica Eduardo Campos – 50 Anos de Ceará Rádio Clube. 1984 – Fortaleza – Ceará. Fotos: Blog Fortaleza Nobre e Jornal O Povo.História do Ceará-Airton de Farias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui