Marcelo Madureira é expulso de ato pró-Bolsonaro e saí escoltado pela polícia

0
MARCELO MADUREIRA

Aos gritos de “fora” e “desce, teu carro é outro” , o humorista ainda tentou argumentar com multidão: ” Votei no Bolsonaro e vou criticar todas as vezes que for necessário”

O humorista Marcelo Madureira, ex-“Casseta e Planeta”, teve de sair escoltado por agentes da Polícia Militar, após ser expulso de um ato em apoio ao presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL), organizado pelo “Movimento Vem Pra Rua”, realizado na manhã deste domingo, na praia de Copacabana, Zona Sul do Rio. As informações são do jornal Estado de São Paulo.

Madureira estava em um carro de som quando virou alvo de manifestantes vestidos de verde e amarelo e com camisas estampadas pelo rosto de Bolsonaro e do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. Aos gritos de “fora” e “desce, teu carro é outro” , o humorista ainda tentou argumentar com multidão: “Não tenho medo de vaias. Votei no Bolsonaro e vou criticar todas as vezes que for necessário. Como justificar uma aliança do Jair Bolsonaro com o Gilmar Mendes para acabar com a Operação Lava Jato? É isso que está acontecendo”, declarou antes de ter o microfone cortado.

Os organizadores fizeram um apelo para ao público para “não dividir o movimento”, porém sem sucesso. Na sequência, o ex-“Casseta” desceu do carro de som e foi escoltado por PM’s até um táxi. “É uma minoria de pessoas que não sabem viver em um regime democrático. O governo está fazendo coisa errada”, declarou Madureira ao Estadão.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui