Terceiro Turno nos CAPs: uma iniciativa viável

0

Em meados de 2017 elaborei, em parceria com o saudoso Tadeu Nascimento (Jornalista e Psicólogo), Projeto de Lei indicando ao Executivo de Fortaleza a crianção de um programa municipal de apoio a pacientes com transtornos psicológicos caracterizados por automutilação e tentativas de suicídio.

A iniciativa de Lei teve como autora a Vereadora Priscila Costa e obteve votação unânime pelo Parlamento Municipal.

A IDEIA:

Manter em alguns CAPS, estrategicamente localizados, equipe multidisciplinar composta por profissionais de saúde mental especializados em transtornos compulsivos que levam as tentativas de suicídio.

Com isso pode-se se considerar a criação no município de um plantão Psicológico noturno de urgência e emergência.

A matéria seguiu para o chefe do Executivo, Prefeito Roberto Cláudio, que identificou prontamente a necessidade da política pública mas que ainda não operacionalizou as ações.

No site da União dos Vereadores e Câmaras do Ceará (UVC), entidade representativa dos legislativos municipais, encontra-se disponível o referido projeto.

Fonte: Site da Radio Clube 1200/(Fábio Tajra – Jornalista/Técnico legislativo)/Foto: (Reprodução)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui