Segundo homem mais procurado pela Polícia do Ceará é preso em Maracanaú

0

A Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE) prendeu, nessa segunda-feira, 2, um dos homens que integrava a lista do Programa Estadual de Recompensa. Otávio Augusto Monteiro Jardim, conhecido como “Totó”, de 24 anos. Foi a segunda operação que resulta em prisão de criminosos listados entre os mais procurados do Estado. Na última quarta-feira, 27 de abril, os policiais civis do Ceará retiraram de circulação Damião Érico Cavalcante Nicolau, de 35 anos, mais conhecido pelas alcunhas de “Damiãozinho”. “Gaspar”, “Vela” ou “Gringo”.

“Totó” foi preso em um imóvel localizado no bairro Jereissati I, em Maracanaú. O órgão de segurança não informou se a residência era de propriedade de Otávio, que é apontado como principal articulador do tráfico da cidade de Itarema e de cidades vizinhas.

O criminoso teria envolvimento em ações por todo Estado, por isso está na lista dos mais procurados do Ceará. Otávio possuía mandados de prisão em aberto pelos crimes de homicídio e por integrar organização criminosa. No momento da prisão, ele estava na companhia de mais dois comparsas, um deles, também com mandado de prisão em aberto. 

Prisão de “Totó”

Durante a operação, foram encontradas com “Totó” duas pistolas, ambas de calibre .40, e munições. Ele foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma de fogo. De acordo com Edvando França, diretor do Departamento de Inteligência da Polícia Civil do Ceará (DIP), o criminoso estava na lista de mais procurados, porque imputa-se sobre si, os crimes grande quantidade de crimes, mandatos expedidos, além da relevância do indivíduo na alta cadeia de comando da organização criminosa  a qual faz parte e à quantidade de pessoas que são subordinadas a Otávio. 

Durante a ação, as duas pessoas que estavam com “Totó” foram identificadas e presas, sendo elas, José Wilson da Silva Freitas e Júnior, de 21 anos, sem antecedentes criminais; e Izaías da Silva Lima Filho, de 31 anos, com passagens por homicídio e roubo. Contra Izaías também foi cumprido um mandado de prisão preventiva que estava aberto em seu nome.

Fonte: O Povo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui